Ache o que procura!

Carregando...

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Resumo para a prova de Sociedade e Cultura

Boa noite, pessoal.

Amanhã pela manhã, a turma do primeiro período de PP 2011/1 - noturno terá prova de Sociedade e Cultura. Após a leitura do livro, disponibilizado pelo professor Osmundo no Ambiente Sophia, sugiro que dê uma conferida no resumo abaixo. Mas atenção, o texto está limitado. Só haverá entendimento, só haverá entendimento se você tiver lido o livro.

Até amanhã!

DA NATUREZA DA CULTURA OU DA NATUREZA À CULTURA

Determinismo biológico: O homem não herda cultura biologicamente, ela é parcialmente constituída de acordo com o meio.

Determinismo geográfico: A cultura age seletivamente, mas não por limitações. A espécie humana rompe limites que são impostos por fatores biológicos ou de seu meio ambiente, domina os céus, os mares e daí por diante.

Antecedentes Históricos do Conceito de Cultura: O homem é o único ser possuidor de cultura. No decorrer de sua evolução, nossa espécie estabeleceu uma distinção de gênero e não apenas de grau em relação aos demais seres vivos. Cultura é um composto de conhecimentos, crenças, arte, moral, leis, costumes ou qualquer outra capacidade ou hábitos adquiridos pelo homem como membro de uma sociedade.

O desenvolvimento do conceito de cultura: O homem é o resultado do meio cultural em que foi socializado. Tudo que o homem faz, aprendeu com os seus semelhantes e não decorre de imposições originadas fora da cultura. Cultura é um processo acumulativo. A linguagem humana é um produto da cultura, mas não existiria cultura se o homem não tivesse a possibilidade de desenvolver um sistema articulado de comunicação oral.

Ideia sobre a origem da cultura: O homem produziu cultura a partir do momento em que seu cérebro, modificado pelo processo evolutivo dos primatas, foi capaz de assim proceder.

Teorias modernas sobre cultura:

- Teorias que consideram a cultura como um sistema adaptativo;

- Teorias idealistas

- Cultura como sistema cognitivo;

- Cultura como sistemas estruturais;

- Cultura como sistemas simbólicos.

COMO OPERA A CULTURA

A cultura molda uma vida “num ser biologicamente preparado para viver mil vidas”.

A Cultura condicionada. A visão de mundo do homem: Homens de culturas diferentes usam lentes diferentes e, portanto, têm visões diferentes à cerca de algo. Sabemos a que grupo pertence uma pessoa pela sua imagem / características. O homem toma como referência o seu grupo, e não a humanidade. A cultura interfere na satisfação das necessidades fisiológicas.

A cultura interfere no plano biológico:

- Etnocentrismo: uma crise na sociedade pode desencadear uma reação oposta ao etnocentrismo, o homem perde a sua sede de pertença, perde a motivação por se manter vivo.

- Doenças psicossomáticas: as crendices que fazem milagres.

Os indivíduos participam diferentemente de sua cultura: Diferenças de sexo e idade influenciam, são as chamadas fases da vida (idade). Estabelecimento de posições (pai e filho), meio em que vive ou especialização (médico X agricultor).

A cultura tem uma lógica própria: Considerar lógico apenas o próprio sistema e atribuir aos demais um alto grau de irracionalismo.

A cultura é dinâmica: O homem, diferente das formigas, por exemplo, muda seus hábitos e evolui porque tem a capacidade de questionar os seus próprios hábitos e modificá-los. Entender esta dinâmica é importante para atenuar o choque entre as gerações e evitar comportamentos preconceituosos. Este é o único procedimento que prepara o homem para enfrentar serenamente este constante e admirável mundo novo do porvir.

Um comentário: